Aprenda a Respirar bem

Aprenda a Respirar corretamente

A respiração correta é chamada “respiração diafragmática”, aquela em que utilizamos não só a caixa torácica, mas também a cavidade abdominal, enchendo bem os pulmões e sentindo o percurso do ar dentro do corpo. No dia a dia, a respiração é algo que fazemos de forma tão automática que nem nos damos conta que não respiramos corretamente, utilizando apenas o tórax e consequentemente somente 30% da capacidade dos pulmões. Aprenda a respirar corretamente, tirando o máximo proveito da sua capacidade pulmonar, e melhore a sua saúde.

Todos nascemos a saber respirar corretamente

A respiração de que falamos é chamada de “diafragmática” pois expande o diafragma e faz chegar o ar rico em oxigénio até aos pulmões. É assim que os bebés respiram, mas com a idade tornamo-nos “preguiçosos” e deixamos de a praticar perdendo os seus benefícios. Veja um bebé a dormir e repare como o tórax e os pulmões sobem e descem à medida que o ar circula. É a prova de que nascemos a saber respirar mas depois esquecemos.

Respirar bem passo a passo – uma forma de relaxar

Para recomeçar a respirar de forma correta sugerimos o seguinte exercício:

  1. Num local tranquilo da sua casa, sente-se numa cadeira com os pés no chão e coloque as mão abertas sobre as coxas com as palmas viradas para baixo.
  2. Feche os olhos.
  3. Cole a língua ao céu da boca e inspire profundamente pelo nariz.
  4. Faça o ar encher primeiro a barriga, depois a zona das costelas e por fim o tórax. À medida que o ar enche as diferentes partes, deve senti-las a subir.
  5. Sustenha a respiração durante três segundos.
  6. Expire suavemente pela boca esvaziando primeiramente o tórax, depois a zona das costelas e por fim o abdómen.
  7. Repita o processo algumas vezes tentado visualizar mentalmente o percurso do ar.

Não tenha pressa

Embora inicialmente possa demorar algum tempo até dominar bem a técnica da respiração diafragmática, com a prática acaba por se tornar algo fácil e natural. Se preferir pode fazer todo o processo deitado no chão, de forma a conseguir distinguir melhor as partes do corpo a subir e descer à medida de o ar circula. O importante é levar o ar até à zona do abdómen e senti-lo expandir. Se depois de realizar o exercício, ao abrir os olhos, sentir ligeiras tonturas, é normal: o cérebro recebe mais oxigénio do que o habitual e por isso pode demorar algum tempo até habitua-se.Pode abrandar o ritmo da respiração e o tempo que sustem o ar de forma a dar tempo ao corpo de se adaptar.

Realize o exercício diariamente até conseguir dominar a técnica. Não se deixe frustrar caso demore algum tempo até conseguir, alguns praticantes demoram mais tempo, mas acabam por dominá-la. A ideia desta respiração é relaxar e aumentar o bem-estar, por isso mantenha a calma e aproveite o tempo do exercício para se concentrar em si e deixar os problemas de lado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *