Formulação de frases auto-sugestivas

Segundo nível do treino autógeno

A formulação de frases auto-sugestivas, enquadradas no segundo nível do Treino Autógeno de Schultz é uma prática orientada para resolver problemas tanto psíquicos como de saúde e que são realizadas através da verbalização de frases e afirmações pessoais bastante motivadoras.

Formulação de frases auto-sugestivas – segundo nível do Treino Autógeno de Schultz

O momento ideal para dar inicio ao processo de auto-sugestão é logo após a realização dos seis exercícios do nível básico do Treino Autógeno, que tem a função de induzir o corpo a um estado de relaxamento profundo.

Neste estado de relaxamento profundo avançado, a pessoa sente-se mais sensível e receptiva para dar o passo ao segundo nível do Treino Autógeno – o chamado processo de formulação de frases auto-sugestivas, que num estado de consciência normal seria muito difícil de alcançar.

Os exercícios do nível básico podem, ao longo do tempo e com a prática constante, ficar reduzidos apenas aos exercícios 1 e 6 (peso e cabeça), uma vez que em conjunção com o segundo nível do Treino Autógeno de Schultz (formulação de frases auto-sugestivas), seriam suficientes para induzir a pessoa a um estado de relaxamento profundo.

Processo de formação de frases auto-sugestivas

O processo de auto sugestão é feito através de afirmações orientadas a solucionar problemas pessoais. O método centra-se em frases motivadoras, verbalizadas mentalmente, que visam afastar pertubações, medos e tensões que possam causar problemas de saúde.

A verbalização das frases auto-sugestivas deve ser realizada de forma contínua durante alguns minutos, de modo que, o cérebro as assuma como verdadeiras e, possa assim, registrá-las na memória, para que o subconsciente possa reagir às mudanças que se pretende.

Como devem ser as frases auto-sugestivas

As frases auto-sugestivas devem ser sempre muito pessoais: devem ser frases curtas, positivas ou neutras, com sentido e compatíveis com o modo de vida e valores de cada pessoa.

Exemplos de frases auto-sugestivas:

1. Efeito pretendido: dormir bem

“Tenho um sono calmo, pesado e profundo.”

2. Efeito pretendido: paz interior

“Qualquer ruido perturbador aprofunda ainda mais o meu silêncio.”

3. Efeito pretendido: prevenção ou redução da dor de cabeça (provocada pela tensão muscular)

“Sinto o pescoço agradavelmente quente, a cabeça leve e sem dor.”

4. Efeito pretendido: redução do excesso de peso

“Estou satisfeito, totalmente calmo e cheio”

5. Efeito pretendido: prevenir ou reduzir indigestões

“Faço logo a digestão depois do pequeno-almoço.”

6. Efeito pretendido: acordar de manhã a tempo

“Acordo sempre a tempo, às sete da manhã.”

7. Efeito pretendido: Expressar-se bem

“Falo de forma calma, fluente e livre.”

8. Efeito pretendido: superar a timidez

“Penso e atuo sem medo e seguro de mim mesmo”

Como aplicar na prática a formação de frases auto-sugestivas

O estado de relaxamento do corpo é indispensável antes de dar inicio à fase de auto-sugestão, onde a pessoa irá “trabalhar” os problemas de carácter psíquico ou físico que a perturba. Sendo assim os seguintes 5 passos – pode variar conforme a necessidade de cada pessoa – são fundamentais. Deve-se praticar uma vez por dia:

1. Quatro minutos de relaxamento do nível básico, focados nos exercícios de peso e da cabeça (por exemplo: “Os meus braços e pernas estão agradavelmente pesados”, repita várias vezes até sentir a sensação de peso. Passe depois a outras partes do corpo. E, em cada uma repita a frase “Estou completamente calmo e relaxado”. Termine este passo com o exercício da cabeça (sensação de frescura), repetindo várias vezes “ A minha testa está agradavelmente fresca”, seguido depois de: “Estou perfeitamente calmo e relaxado”). Para se familiarizar ainda mais com esta técnica de relaxamento veja como aprender a relaxar com o Treino Autógeno.

2. Quatro minutos para a sua frase pessoal auto-sugestiva (diz para si próprio uma frase de incentivo, para tratar o problema e obter o efeito pretendido. Veja os exemplos de afirmações em cima descritas)

3. Quatro minutos para desfrutar do estado de relaxamento profundo

4. Quatro minutos para voltar a repetir a frase pessoal auto-sugestiva

5. Sair do estado de relaxamento: braços firmes, respire fundo e abra os olhos.

O segundo nível do Treino Autógeno trata os seguintes problemas:

  • Stresse
  • Problemas de sono
  • Hipertensão
  • Problemas estomacais e intestinais
  • Dores de cabeça tensionais
  • Deixar de fumar
  • Apoio na perda de peso
  • Superar a timidez
  • Medo de comunicar
  • Apoiar e incentivar a adquisição de outros novos hábitos e comportamentos positivos.

Quanto mais tempo dedicar à prática da formulação de frases auto-sugestivas, maior probabilidade terá de usufruir dos benefícios que pretende alcançar. Depois de praticar bem esta fase do Treino de Schultz, é o momento de passar ao nível mais avançado – o nível superior do Treino Autógeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *